A poética do mundo

Leve é o sono nas extensões  nómadas. O corpo fatigado pelo espaço…lembra-se da extensão da estrada. Os sendeiros da montanha formigam na coluna vertebral.

Ossip Mandelstam, citado por Kenneth White, em “O Espírito Nómada”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s