O ponto e a onda

A verdade é que há cada vez mais livros infantis lindíssimos. O incrível rapaz que comia livros, de Oliver Jeffers (pelo orfeu negro) é um dos exemplos mais espantosos, com uma dentada à sério.

Agora chegou o Ponto, de Peter Reynolds. É uma das histórias mais inspiradoras que tenho lido. Provocador, simples, fora de série. Centra-se na ideia que cada um pode deixar a sua marca pessoal e que o encorajamento pode despoletar a criatividade. No ano da criatividade,esta história, a meu ver,não pode passar despercebida. Uma óptima sugestão de livro de férias para a ministra de educação. Deixe o seu magalhães e leve somente o ponto.

A GATAfunho já trouxe para o mercado a Onda, de Suzy Lee, que já passou para o meu top five de eleição de livros infantis. muito bom!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s