Black Hearted Love

Já bate forte “Black Hearted Love”, pela internet. Ouve-se aqui no lugar do costume. When you call out my name in rapture / You call out my soul for murder / And you are my black hearted love. E já estou viciada. Polly começa o álbum com um “I” prolongado, seguido de vírgula, ou não, segundo as interpretações de quem ouve.

Dentro de pouco tempo as entrevistas estarão aí, as perguntas de sempre. Polly Jean falará da sua inspiração  “bebida” dos romances de Iris Murdoch, dos filmes noir, dos homens que passam de gabardine em londres, do som das gaivotas, do mar de Irlanda, das fotografias que tirou em Moscovo. Algo  me diz que o próximo álbum chegará aos fãs de Stephenie Meyer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s