Varina

A artista plástica Joana Vasconcelos lembrou-se de colocar uma colcha gigantesca na ponte D.Luís. A colcha vem dentro do festival Imaginarius.

Quem passa pelo tabuleiro da ponte à pé, olhando de baixo para cima, e principalmente quando há vento, a colcha faz um efeito de um ondulado. Não temos o reflexo do rio Douro, mas sim o ondulado da nascente da Foz, de 35 por 15 metros.

One thought on “Varina

  1. Tentando não ser dramática e assumindo uma possível ignorância artística, tenho que dizer que este devaneio plástico da Joana Vasconcelos foi tudo, menos interessante. Aquilo nem parecia uma instalação mas algo absolutamente desproporcional à dimensão da ponte…tipo uma écharpe presa por sorte. Reconheço, no entanto, este conceito de espalhar arte pela cidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s