Loendros

Lídia Aparíco, nas encostas da Serra do Caramulo, na reserva botânica de Cambarinho, o maior espectáculo de loendros, Maio, 2008.

Apesar da chuva, valeu bem a pena conhecer esta reserva. É em Cambarinho que se situa a maior concentração de loendros da subespécie Baeticum, havendo outras mais pequenas em Monchique (Algarve), Odemira (Alentejo) e Sierras del Algibe (Cadiz, Sul de Espanha). Os loendros aproveitam a humidade das linhas de água. Por isso, apesar do espectáculo ser de cor, ouve-se o som da água, nos caminhos dos loendros.

3 thoughts on “Loendros

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s