Uma volta

Numa viagem saudosista pelos meus blogues, dou-me conta de várias coisas, de frases que continuam a fazer sentido e de imagens que perdem força. Em Maio de 2003, falo em Persepolis, de Marjane Satrapi. Só há pouco tempo a tivemos em dvd. Em Maio de 2004 ,Bénard da Costa conta como The Birth of a Nation continua a ser um filme censurado, pelo menos na América. Em Maio de 2005, tinha comigo estes versos de Pound e ,em 2006, este bouquet de soleils. No ano passado terminei o mês com “blue sky blues”.

4 thoughts on “Uma volta

  1. Essa “blue sky blues”… um espanto! Ryan Adams é um fora de série, a meu ver. Como é possível criar tanto e sempre tão bom?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s