O criado mudo

A Árvore Seca, Alexei Bueno, com posfácio de Gil Carvalho, Bonecos Rebeldes, 2007.

O Japão no Feminino – I – Tanka, séculos IX a XI e O Japão no Feminino – II – Haiku séculos XVII a XX, organização e versão portuguesa de Luísa Freire, Assírio & Alvim, 2007.

A Estrada, Corman McCarthy, Relógio d’Água, 2007, tradução de Paulo Faria.

Debaixo do Vulcão, Malcolm Lowry, Relógio d’Água, 2007, tradução de Virgínia Motta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s