Em Barcelona XIV

Na minha passagem pela cidade dos quatros sóis, Bresson, Tarkovsky, Truffaut, Fassbinder, Nicholas Ray eram o pão de cada dia da Filmoteca de Catalunya, dentro de “les teories del cineastes”, ciclo do Raoul Walsh. Perto da Plaza de Sol, não entrei no Cinemascope (com pena minha), mas num café que poderia ser um dos filmes de Cassavetes. Aí havia livros à venda, por 1 euro. Trouxe um do realizador dos rostos, a moeda foi tirada para um balança e um número foi virado, como se tratasse de um jogo de basebol, há bastante tempo. Não sei se a “Monyos” tem um filme sobre a sua história, mas o seu restaurante lá continua. Ou se alguma personagem de Agualusa, na livraria de Altair, vai se encarnar numa história, contada num dos papéis deixados no mural da entrada.

One thought on “Em Barcelona XIV

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s