ORPHANS: BRAWLERS, BAWLERS AND BASTARDS

 

“Orphans are rough and tender tunes. Rhumbas about mermaids, shuffles about trainwrecks, tarantellas about insects, madrigrals about drowning,” says Waits. “Scared, mean, orphans songs of rapture and melancholy. Songs that grew up hard. Songs of dubious origin rescued from cruel fate and now left wanting only to be cared for. Show that you are not afraid and take them home. They don’t bite, they just need attention.”

No Catálogo de Anti. No dia 20 de Novembro já temos os órfãos do Tom Waits cá fora.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s