Lá fora

Ontem tomei a linha do metro até Vila do Conde. No coração da cidade as curtas em foco. Um café com um retrato warholiano da Audrey Hepburn:um cenário de uma curta por fazer. Cai na cascata sonora da galeria solar. O que faço ali dentro da cascata?Lembrei de pegar a estrada e fui à pé até à Póvoa de Varzim. Caminho, e as imagens do que já caminhei estão já habitadas num espaço sem tempo. Sempre rente ao mar é o que cabe nas margens dos cadernos que insisto passear.

One thought on “Lá fora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s