Matiné

Diva, de Jean-Jacques Beineix.

Gosto de faróis. Em Diva, de Beineix, há uma cena estupenda, em que o cenário é o farol de Gatteville, da Normandia, França. Na verdade, todo o filme está repleto de pormenores,…Mas voltando aos faróis, colecciono todas as imagens, que vejo em filmes, assim como o farol escocês de The Breaking the Waves, de Lars Von Trier, assim como outros. Os Faroleiros, que durante décadas, foi a obra mais procurada do cinema nacional, é outro dos filmes, que tem a presença obsessiva do farol.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s